Sebrae Minas promove capacitações para MPE

Em agosto, o Sebrae Minas preparou uma agenda especial de capacitações voltadas para as micro e pequenas empresas (MPE) de Juiz de Fora. São dois cursos, uma oficina e um seminário. Já para o microempreendedores individuais (MEI), o Sebrae realiza, todas as segundas-feiras, a oficina Como ser MEI na prática, das 14h às 17h.

As inscrições para todas as atividades devem ser feitas pelo telefone 0800 570 0800, no www.sebraemg.com.br ou pessoalmente, no ponto de atendimento do Sebrae Minas, em Juiz de Fora. Informações pelo telefone (32)3257-4712.

Programação MPE

Seminário Food Service

06/08|19h às 22h|Gratuito

Oficina Como elaborar a divulgação da sua empresa

08/08|18h30 às 22h30| R$30,00

Curso: Líder coach (32 horas divididas em 2 workshops + 4 horas de consultoria)

20 e 21/08 – 10 e 11/09|8h às 18h|R$700,00

Curso: Como obter melhores resultados com vendas – (16 horas de curso + 3 horas de consultoria)

27 a 30/08|18h30 às 22h30|R$570,00

Ponto de Atendimento do Sebrae Minas em Juiz de Fora

Av. Olegário Maciel 436 – Santa Helena

Horário de atendimento: de segunda a sexta, de 8h30 às 17h30

(32) 3257-4712 / 0800 570 0800

Juiz de Fora recebe Exchange Sebrae e Hackathon JF Inteligente

Eventos voltados para estudantes e profissionais nos segmentos da tecnologia da informação, business e design quer auxiliar no desenvolvimento do ecossistema de inovação do município

 

 

No dia 8 de junho, o Sebrae Minas promove mais uma edição do Exchange Sebrae, evento gratuito que tem o objetivo de estimular a criação de negócios inovadores, apresentar soluções e tendências do mercado e oferecer capacitações para quem quer empreender nos segmentos de tecnologia, inovação e startup.

A iniciativa tem como proposta transformar ideias em negócios de sucesso, propiciar interação e capacitação, fomentar a cultura empreendedora, fortalecer os pequenos negócios e estimular a criação de negócios inovadores.

Durante o evento, serão três salas de aprendizado e discussão: Educação do FuturoNegócios 4.0 e Smart City. Os participantes que se inscreverem na sala Smart City poderão integrar as atividades do Hackathon JF Inteligente, maratona de desenvolvimento que ocorre nos dias 9 e 10 de junho e que tem o propósito de atender aos desafios enfrentados pela sociedade local.

 

O Hackathon é organizado pelo Sebrae Minas, em parceria com o Grupo de Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira e Vertentes (GDI Mata), a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do estado de Minas Gerais (Sedectes), a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG) e a Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Fadepe), com o apoia da Prefeitura Municipal de Juiz de Fora (PJF).

No Hackathon JF Inteligente, estudantes e profissionais nos segmentos da tecnologia da informação, business e design se juntarão em equipes, com o objetivo de desenvolverem aplicativos que atendam às demandas urgentes da cidade, dentro de seis eixos que serão divulgados no dia do evento. Através de uma pesquisa prévia com a PJF, os eixos foram levantados e elencados para o evento, através de votação do comitê organizador da maratona.

O objetivo da maratona é desenvolver propostas relacionadas ao conceito de cidades inteligentes (smart cities), ou seja, promover a melhoria da infraestrutura urbana e tornar a cidade mais eficiente e melhor de se viver, por meio do uso da tecnologia da informação e comunicações (TICs).

 

Segundo a analista do Sebrae Minas, Camila Villela, o objetivo dos eventos é desenvolver o sistema empreendedor na cidade, dentro da área de tecnologia. “O Sebrae tem um projeto de inovação, cujo objetivo é auxiliar no desenvolvimento do ecossistema de inovação do município. Durante o Hackathon, lançaremos o desafio para que os participantes consigam resolver alguns dos problemas encontrados na cidade”.

 

 

Programação Exchange Sebrae

13h30: Credenciamento

 

Sala 1: Educação do Futuro

14h às 15h: Inovação nos processos de educação

15h às 16h: Como integrar criatividade e tecnologia na educação

16h às16h30: Intervalo

16h30 às 17h30: Educação empreendedora no ensino fundamental e médio

17h30 às 18h30: Google for education

 

Sala 2: Negócios 4.0

14h às 15h: Tecnologia Disruptiva – realidade virtual, internet das coisas e robótica

15h às 16h: Estratégias de marketing e vendas

16h às16h30: Intervalo

16h30 às 17h30: Tendências de consumo e comportamento do consumidor

17h30 às 18h30: Growth Hacking, validação e experiência

 

Sala 3: Smart City – Cidade Inteligente

14h às 15h: Startups e Empreendedorismo de Impacto – Negócios Inovadores

15h às 16h: Economia Colaborativa

16h às16h30: Intervalo

16h30 às 17h30: Inovação como motor do desenvolvimento econômico

17h30 às 18h30: Cidades Sustentáveis

 

Exchange Sebrae – Smart City

Data: 8 de junho de 2018

Local: Centro de Ciências da UFJF (Rua José Lourenço Kelmer, s/n, Praça Cívica, São Pedro)

Informações: (32) 3257-4719

Inscrições: https://www.sympla.com.br/sebrae-exchange–hackathon—jf-inteligente__290853

 

Hackathon JF Inteligente

Data: 9 e 10 de junho de 2018

Local: Centro de Ciências da UFJF (Rua José Lourenço Kelmer, s/n, Praça Cívica, São Pedro)

Informações: (32) 3257-4719

Inscrições: https://www.sympla.com.br/sebrae-exchange–hackathon—jf-inteligente__290853

Sebrae realiza II Seminário de Negócios de Impacto Social

Ação do Sebrae Minas vai incentivar empreendedores a criar novos modelos de negócios economicamente lucrativos

 

No dia 26 de abril, o Sebrae Minas promove, em Juiz de Fora, o II Seminário de Negócios de Impacto Social, que vai discutir temas relevantes para quem pretende empreender transformando realidades, seja causando impacto positivo em uma comunidade ou melhorando a qualidade de vida da população de baixa renda. A inscrição é gratuita e deve ser feita no site da Sympla.

 

O objetivo principal da ação é incentivar empreendedores a criar novos modelos de negócios, economicamente lucrativos, e que causem impacto na população de baixa renda. Durante o evento, serão apresentados conceitos e casos de sucesso de negócios de impacto social, que também podem ser chamados de “empresas sociais”, “empresas 2.5”, “empresas BOP” (base da pirâmide) ou “negócios inclusivos”. Essas empresas podem distribuir seus lucros entre os investidores e sócios, da mesma maneira que podem reinvestir todo o resultado no próprio negócio, de forma a gerar mais resultados e mais impacto social.

 

No time de palestrantes estão: Daniel Gonzales, da Hub Social e  Beto Scretas, do Instituto da Cidadania Empresarial (ICE). Para fechar o evento, um painel com as empresas empreendedoras sociais de Juiz de Fora Vivart e Atos Colaborativos.

 

O Sebrae Minas busca apoiar os negócios lucrativos e que geram impacto socioambiental, que estão diretamente ligados com a atividade principal da instituição. “Com a realização deste seminário, é esperado um estímulo à geração de modelos de negócios inovadores e o fortalecimento do ecossistema de negócios de impacto social da região”, destaca a analista do Sebrae Minas Camila Villela.

 

Programação

18h30: Credenciamento e Welcome coffee

19h: Boas vindas

19h00: Desenvolvimento Local e Sustentável (Paulo Veríssimo – Sebrae Minas)

19h50: Negócios de Impacto Social no Brasil e no Mundo (Daniel Gonzales – HUB Social)

20h30: Cenários e Constituição do Movimento da Força Tarefa de Finanças Sociais e Negócios de Impacto no Brasil (Beto Scretas – Instituto da Cidadania Empresarial – ICE)

21h10: Programa Sebrae de Apoio aos Negócios de Impacto Social de Juiz de Fora

21h20: Painel com empreendedores sociais de Juiz de Fora (Vivart e Atos)

 

II Seminário de Negócios de Impacto Social

Data: 26 de abril de 2018

Local: Sebrae Minas (AV. Olegário Maciel, 436 – Santa Helena)

Informações: (32) 3257-4712

Inscrições: https://www.sympla.com.br/2-seminario-de-negocios-de-impacto-social__271452

 

*Este conteúdo foi produzido pela Agencia Sebrae de Noticias e reproduzido pela Comunicação do GDI-Mata

Inscrições abertas para o Bootcamp Juiz de Fora

Capacitação do Sebrae Minas propõe novas ferramentas e técnicas para criar negócios de sucesso

 

Entre os dias 6 a 8 de abril, o Sebrae Minas realiza, em Juiz de Fora, o curso Bootcamp Empreendedorismo em Açãoprograma de imersão com ênfase na prática de mercado e voltado para quem quer começar um negócio e para empresários que desejam desenvolver sua capacidade empreendedora. As inscrições devem ser feitas até o dia 5 de abril no ponto de atendimento do Sebrae ou pelo 0800 570 0800. As vagas são limitadas.

A capacitação é composta por aulas práticas e vivenciais e contribui para que o cliente possa desbravar o universo do empreendedorismo. Durante 24 horas, distribuídas em três dias consecutivos, o Bootcamp vai apresentar conceitos e ferramentas que permitem aos participantes desenvolver suas ideias e projetos, da criação até a execução, empreendendo de forma inteligente e segura. O foco principal do curso é oferecer ferramentas simples para empreender.

O curso é trabalhado em seis módulos:

  • Módulo 1 – Mindset Empreendedor: 4 horas
  • Módulo 2 – Cliente e Mercado: 4 horas
  • Módulo 3 – Problema e Solução: 4 horas
  • Módulo 4 – Prototipagem e Mínimo Produto Viável: 4 horas
  • Módulo 5 – Canais, Vendas e Modelos Financeiros: 4 horas
  • Módulo 6 – Lean Canvas, Storytelling e Pitch: 4 horas

O termo “bootcamp” surgiu nos acampamentos militares dos Estados Unidos, onde são realizadas atividades físicas de alta intensidade. No caso do bootcamp de empreendedorismo, a expressão se refere a um programa de imersão com ênfase na prática de mercado.

Serviço

Data: 6, 7 e 8 de abril de 2018

Local: Sebrae Minas (Av. Olegário Maciei 436, Santa Helena)

Investimento: R$ 200

Informações e inscrição: 0800 570 0800 / (32) 3257-4712

Este material foi produzido pela agência Sebrae de Notícias e reproduzido pelo núcleo de comunicação do GDI

Juiz de Fora recebe o 7º Seminário Mulheres Empreendedoras

Seminário vai apresentar técnicas e comportamentos que ajudam a mulher a se tornar uma empreendedora de sucesso

Em cinco anos, mais que dobrou o número de mulheres Microempreendedoras Individuais (MEI) no Brasil. O número de formalizadas que trabalhavam por conta própria saltou de 1,3 milhão, em 2013, para 3 milhões, em 2018, um aumento de 124%. É o que mostra um levantamento do Sebrae Minas, com base em dados do Portal do Empreendedor.

Para mostrar o avanço da participação feminina no mundo dos negócios, o Sebrae Minas realiza, no dia 27 de março, o 7º Seminário Mulheres Empreendedoras, em Juiz de Fora. A ação visa demonstrar a importância da cooperação e da transformação digital e facilitar o networking no segmento feminino. Ocorre no Ritz Plaza Hotel e a inscrição gratuita deve ser feita no site da Sympla.

O seminário vai apresentar técnicas e comportamentos que ajudam a mulher a se tornar uma empreendedora de sucesso e terá a participação especial de Sandra Marota (SM Potencial Humano), Flavia Gouvea (Chovendo Vagas Assessoria de Carreira), Raquel Sousa (Lila Maria Uniformes Profissionais) e Paula Bento (consultora de marketing do Sebrae Minas). Além disso, apresentará o case “Juruaia: a capital da lingerie – Polo de empreendedorismo feminino”, com Tânia Rezende, diretora de estilo da Íntima Passion e vice-presidente da Associação Comercial de Juruaia.

 

Programação

18h30: Case Juruaia: a capital da lingerie? Polo de empreendedorismo feminino

19h30: Networking orientado

20h30: Transformação digital no empreendedorismo feminino

21h30: Café com elas

7º Seminário Mulheres Empreendedoras

Data: 27 de março de 2017

Local: Ritz Plaza Hotel (Av. Barão do Rio Branco, 2000 – Centro)

Horário: 18h30 às 22h00

Informações: 0800 570 0800

Inscrições: https://www.sympla.com.br/7-seminario-de-mulheres-empreendedoras__250760

Aceleração para negócios de impacto social

Cerca de 40% dos negócios de impacto socioambiental do Brasil têm menos de três anos de fundação, e 70% deles são formalizados. É o que mostra um estudo da Pipe Social, que ouviu, no ano passado, 579 empreendedores da área. Para apoiar as iniciativas dos empreendedores sociais que atuam em Minas Gerais, o Sebrae e o NAAÇÃO promovem o Programa de Aceleração para Negócios de Impacto Social. A inscrição é grátis e pode ser feita até 11 de março,  no site www.sympla.com.brInformações: 0800 570 0800, www.sebrae.com.br/minasgerais ou www.naacao.com.br.

O programa tem como objetivos incentivar e orientar o desenvolvimento de negócios e projetos inovadores de impacto social, que têm se mostrado uma alternativa para o desenvolvimento econômico sustentável.  Podem se inscrever empreendedores, com ou sem CNPJ, que desenvolvam ou tenham um projeto ou negócio economicamente viável, baseado em uma solução voltada para resolver um problema social ou ambiental nas comunidades.

Serão selecionadas nove equipes para o programa de aceleração, previsto para ser realizado entre abril e julho deste ano, em Belo Horizonte.  A participação dos selecionados será totalmente subsidiada pelo Sebrae Minas e o NAAÇÃO.

Durante o programa de aceleração, os empreendedores terão o acompanhamento de especialistas no desenvolvimento e aprimoramento do negócio ou projeto, por meio de consultorias, instrutorias, experiências e mentorias. Na fase final, participarão de bancas para a avaliação dos projetos e de encontros com agentes do mercado, entre investidores, empreendedores sociais e parceiros.

    Etapas do programa

  • Inscrições até 11 de março.
  • Seleção e avaliação das equipes: de 12 a 23 de março.
  • Divulgação dos selecionados: entre 28 e 30 de março.
  • Execução do programa de pré-aceleração: de 2 de abril a 30 de julho (previsão).

 

Características de um negócio de impacto social

  • Consegue gerar receita com a venda de produtos e serviços e ainda gerar impacto social e ambiental positivo.
  • Não é apenas o dono da empresa que ganha e manda, mas um grupo de pessoas de baixa renda é beneficiado.
  • A empresa ajuda a transformar a realidade de um local, fazendo toda a diferença na qualidade de vida das pessoas.
  • Os negócios sociais estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), estabelecidos pela ONU.

Principais áreas de atuação dos negócios sociais no Brasil *

  • Educação (38%)
  • Tecnologias verdes (23%)
  • Cidadania (12%)
  • Saúde (10%)
  • Finanças sociais (9%)
  • Cidades (8%)

*Fonte: 1º Mapa de Negócios de Impacto Social e Ambiental – Pipe Social, junho 2017.

 

Sobre o Sebrae

O Sebrae em Minas Gerais oferece orientação a quem deseja abrir, diversificar ou ampliar um empreendimento, além de desenvolver projetos e articular para a disseminação e criação de políticas públicas que favorecem o crescimento dos pequenos negócios.

 

Sobre o NAAÇÃO

Rede de transformação e inovação, idealizada para conhecer, incentivar e potencializar pessoas com atitudes inovadoras, criativas e empreendedoras que geram impacto positivo e transformam sua história e a das pessoas a sua volta.

Este material foi produzido pela Agência Sebrae de Notícias e reproduzido pelo núcleo de comunicação do GDI-Mata

Sebrae Minas realiza Empretec em Juiz de Fora

Inscrições para as entrevistas vão até 2 de março

De 19 a 24 de março, o Sebrae Minas realiza mais uma edição do Empretec, em Juiz de Fora. O seminário é uma metodologia de ensino inovadora, desenvolvida pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de estimular o comportamento empreendedor. As entrevistas ocorrem de 5 a 9 de março.

 

No dia 31 de janeiro, de 18h30 às 20h30, o Sebrae irá realizar a palestra Empretec: como potencializar o seu lado empreendedor!, com o objetivo de informar mais sobre o curso aos interessados e tirar dúvidas. A ação gratuita é uma apresentação do que é o seminário, com demonstração de seus benefícios. As inscrições devem ser feitas pelo telefone (32) 3257-4712.

 

O Empretec consiste numa capacitação intensiva, realizada em seis dias de imersão, com dedicação exclusiva.  Ministrado no Brasil exclusivamente pelo Sebrae, com duração de 60 horas, o programa abrange atividades desafiadoras, nas quais os participantes vivenciam as dez características empreenderas que serão trabalhadas:

 

•         Busca de oportunidade e iniciativa

•         Persistência

•         Comprometimento

•         Exigência de qualidade e eficiência

•         Correr riscos calculados

•         Estabelecimento de metas

•         Planejamento e monitoramento sistemático

•         Busca de informações

•         Independência e autoconfiança

•         Persuasão e rede de contatos

 

O seminário é ideal para empresários e empreendedores que pretendem criar, ampliar ou melhorar seu desempenho nos negócios. Os interessados em participar das entrevistas devem fazer suas inscrições até o dia 2 de março, pelos telefones (32) 3257-4712 e 0800 570 0800.

 

 

Mais informações: http://www.empretecsebraeminas.com.br/

 

Este material foi produzido pela Agência Sebrae de Notícias e reproduzido pelo núcleo de comunicação do GDI-Mata

Juiz de Fora recebe a 2ª edição do Exchange Sebrae

Evento voltado para jovens empreendedores e startups oferece palestras, workshops, oficinas, maratona de programação e mostra de negócios e ideias inovadoras

 

Estão abertas as inscrições para a segunda edição do Exchange Sebrae, em Juiz de Fora. O evento gratuito, promovido pelo Sebrae Minas, estimula a criação de negócios inovadores, apresenta soluções e tendência do mercado e ainda oferece capacitações para quem quer empreender nos segmentos de tecnologia, inovação e startup. O Exchange Sebrae acontece nos dias 18 e 19 de setembro, no Olympo Centro Cultural de Eventos. As inscrições gratuitas devem ser feitas no site do Sebrae Minas ou pelo telefone: 0800 570 0800.

 

O evento pretende reunir um público de cerca de 400 pessoas. Os empresários irão participar de palestras, workshops, painel e do pitch competition.  No dia 19, após o Exchange, será realizada a Campus Night, evento coordenado pelo Governo de Minas Gerais, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), e que conta com o apoio do Sebrae Minas. Pela primeira vez em Juiz de Fora, a Campus Night vai para apresentar parte de conteúdos de tecnologia e inovação da Campus Party Belo Horizonte, que acontece na capital mineira de 1° a 5 de novembro.

 

Programação

18/09

16h: Credenciamento

17h às 17h50: Empreendedorismo, inovação e tecnologia (Andrea Lorio, diretora de Comunicação e Marketing do Tinder)

17h50 às 18h40: Como montar um negócio de alto impacto (Julia Mendes, coordenadora regional da Endeavor, em MG)

18h40 às 19h30: Captação de recursos para inovação (Sebrae Minas e BDMG)

19h30 às 20h20: Desenvolvimento de clientes – Customer development (Bernard De Luna, co-fundador da lBunee.io)

20h20: Painel Buscando a inovação

21h: Happy hour e network

 

19/09

13h: Credenciamento

13h30: Workshop Aplicando o modelo do Vale do Silício para a sua startup no Brasil (Wilson Caldeira)

16h30: Demoday (pitch competition)

18h30: Programação Caravana Finit Tour Juiz de Fora – Campus Night

 

Exchange Sebrae

Data: 18 e 19 de setembro de 2017

Local: Olympo Centro Cultural de Eventos (Rua José Appolônio dos Reis, 130 – Aeroporto)

Informações e inscrições: www.sebrae.com.br / 0800 570 0800

 

Este material foi produzido pela Agência Sebrae de Notícias e reproduzido pelo Núcleo de Comunicação do GDI-Mata. 

Juiz de Fora recebe curso de aprendizagem vivencial para educadores

Nos dias 14 e 15 de julho e 04 e 05 de agosto, o Sebrae Minas promove o Curso de aprendizagem vivencial para educadores, que tem como objetivo capacitar professores na aplicação do Ciclo de Aprendizagem Vivencial (CAV), uma ferramenta de ensino que integra o programa de Educação Empreendedora do Sebrae. As atividades ocorrem na sede do Sebrae Minas, na Avenida Olegário Maciel, 436, Santa Helena, em Juiz de Fora, e as inscrições gratuitas devem ser feitas pelos telefones (32) 3257-4708 / 4709 ou 0800 570 0800.

O curso é voltado para educadores dos níveis de ensino fundamental, médio, técnico e superior. A intenção é levar aos professores ferramentas que os possibilite identificar oportunidades para a geração de um ambiente favorável à cultura empreendedora e ao desenvolvimento do ecossistema empreendedor na instituição de ensino. “Queremos compartilhar a metodologia com o educador para auxiliá-lo na prática educacional que privilegie a transmissão dinâmica desse conhecimento e a crítica de dados e informações, estimulando reflexões e a aplicação desses saberes.”, destaca a analista do Sebrae Minas, Daniela Mendonça. 

Dentre os conteúdos abordados no curso, encontram-se: atividades vivenciais e ciclo de aprendizagem vivencial; a importância das estratégias educacionais vivenciais na educação empreendedora; o uso de estratégias vivenciais em diversas situações de ensino; a postura de facilitador na ação do docente; o desenvolvimento de ambientes de aprendizagem que favoreçam a educação empreendedora; a reflexão sobre o desenvolvimento do ecossistema empreendedor; e a estruturação de estratégias educacionais vivenciais.

 

Sebrae realiza oficina “Gestão de Redes Sociais”

As ferramentas de marketing digital e mídias sociais facilitam bastante o relacionamento entre as marcas e seus consumidores. Mesmo sendo mais modernas, ainda assim, muitos empreendedores resistem à sua implantação nos negócios, dificultando, com isso, o diálogo com os clientes por meio de ferramentas online.

Pensando nisso, o Sebrae Minas desenvolveu uma capacitação que tem o objetivo de facilitar a interação entre marca e cliente. No dia 6 de julho, das 17h30 às 22h30 será promovida, pela primeira vez em Juiz de Fora, a oficina “Gestão de Redes Sociais”, que será ministrada pela analista e consultora em marketing do Sebrae Minas, Paula Bento. As inscrições devem ser feitas no ponto de atendimento do Sebrae, localizado na Av. Olegário Maciel, n° 436, Bairro Santa Helena, ou pelos telefones (32) 3257-4708 / 4709 e 0800 570 0800. As vagas são limitadas.

A oficina vai apresentar aos participantes as ferramentas de redes sociais que mais se aplicam ao relacionamento com os clientes, identificando-as e aplicando-as de acordo com cada tipo de negócio, tendo como foco o perfil dos clientes que pretendem dialogar no ambiente online.

Dentre os assuntos que serão abordados durante a atividade, destacam-se: o que o empresário deve saber sobre o Facebook, o Instagram, o WhatsApp e o Snapchat  e como deve ser feita a gestão de crise nas redes sociais.

“As plataformas digitais têm custos mais baixos que mídias tradicionais e audiências mais receptivas às mensagens divulgadas, facilitando o diálogo entre marcas e consumidores”, destaca Paula. Para ela, as empresas que possuem perfis e se relacionam com clientes nas redes sociais têm aberto um canal de comunicação e vendas capaz de atingir públicos direcionados, de acordo com o perfil dos produtos e serviços ofertados ao mercado.

A consultora destaca que as ferramentas têm auxiliado as empresas a captarem novos clientes, dialogarem com os atuais e se relacionarem com aqueles que já consumiram e pretendem consumir novamente. Ao promover uma experiência positiva, as marcas podem ser beneficiadas com a indicação de clientes, que compartilham em suas redes de contato a satisfação com determinado produto ou serviço. “Mobilizações como essa trazem avanços para os pequenos negócios, movimentando todo o mercado e impactando positivamente a economia local.”

 

Este material foi produzido pela Agência Sebrae de Notícias e reproduzido com contribuições do Núcleo de Comunicação do GDI-Mata.