Entidades se reúnem após cinco meses de trabalho para repassar avanços em prol do desenvolvimento econômico

As entidades que integram o Grupo de Trabalho Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira (GDI-Mata) se reuniram na última sexta-feira (5) para a segunda Reunião Geral em 2017. Na ocasião, a Coordenação Geral apresentou um relatório com todas as atividades realizadas pelo Grupo nos meses de fevereiro a abril e anunciou a Conferência de Inovação e Desenvolvimento para a Zona da Mata Mineira (Conide), bem como o envio de uma Proposta de Trabalho à organização Comunitas para elaboração de um Planejamento Estratégico para Juiz de Fora.

Na ocasião, o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, João Mattos, destacou a consolidação do Grupo, que está prestes a completar um ano de existência, bem como a demanda nacional por iniciativas semelhantes. “Vendo o diálogo entre as articulações estratégicas dos Grupos Temáticos (GTs), é evidente que o GDI veio para ficar. Além disso, o interesse de outros municípios em se engajar nessa proposta revela que a vocação do grupo extrapola os limites regionais”, enfatizou.

Representantes dos Grupos Temáticos (Agronegócio, Comércio, Indústria, Serviços e Turismo) apresentaram ainda as ações estratégicas planejadas e em andamento para cada setor. O evento foi também uma oportunidade para a apresentação de dois novos integrantes do Grupo: a Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Fadepe) e a Prefeitura Municipal de São João Nepomuceno, além do retorno da Liga das Empresas Juniores da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

 

Conide

Visando estimular ainda mais a proximidade entre o ambiente acadêmico e o setor produtivo, de forma a gerar negócios e inovação, O GDI-Mata planeja realizar, em agosto deste ano, a Conferência de Inovação e Desenvolvimento para a Zona da Mata (Conide). O evento, cuja programação será divulgada em breve, trará pesquisadores, empresários e especialistas de todo o Brasil para discutir boas práticas, propostas e novidades que possam ser aplicadas no incremento à economia regional.

Nesse sentido, a agenda vem sendo pensada de forma a congregar diferentes perspectivas e experiências, conforme destaca o destaca o Diretor de Inovação da UFJF, Ignacio Delgado. “Com essa iniciativa, reforçamos o papel de articulação do GDI-Mata na identificação de demandas da sociedade, proposição de ações e aproximação com as entidades executoras, de forma a provocar um crescimento sustentável dentro das vocações econômicas da região e tornar a inovação um instrumento desse processo”.

 

Trabalho em rede

O GDI-Mata é uma iniciativa oriunda de uma articulação iniciada em junho deste ano e é aberta à participação e colaboração de organismos e entidades empenhados no desenvolvimento regional. Seu objetivo é a revitalização da economia da Zona da Mata mineira, por meio da cooperação das instituições de ensino e pesquisa com o poder público, entidades e setores empresariais, visando à elevação da capacidade e da disposição das empresas da região para inovar. Com isso, o Grupo espera favorecer o desenvolvimento sustentável e o bem estar social.

Em julho do ano passado, a UFJF, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e outras nove entidades assinaram uma Portaria conjunta e uma Carta de Intenções, oficializando a criação do Grupo. Desde então, as entidades que forma a rede do Grupo vem trabalhando organizadas em cinco áreas temáticas: Agronegócio, Comércio, Indústria, Serviços e Turismo; e viabilizando, por meio do Portal de Negócios e Inovação lançado em outubro, parcerias e convênios entre setor produtivo e instituições de pesquisa da região.
Outras informações: (32) 2102-3425 (Núcleo de Comunicação do GDI-Mata)