Juiz de Fora recebe palestra sobre Arranjos Produtivos Locais

Na próxima sexta-feira (1), o Grupo de Trabalho Desenvolvimento e Inovação da Zona da Mata (GDI-Mata) juntamente com a Federação das Industrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) vai realizar uma palestra gratuita com a economista Alice Machado, para expor sobre os Arranjos Produtivos Locais da Zona da Mata Mineira. O encontro será realizado ás 10 horas na sede da FIEMG Juiz de Fora, que fica localizada na Av. Garcia Rodrigues Paes, 12395, no Bairro Industrial.

O objetivo é debater quais são os Arranjos Produtivos Locais em operação e potenciais na Zona da Mata Mineira e quais os caminhos para fortalece-los, já que são uma perspectiva para a economia regional, um desafio para as instituições de ensino e pesquisa e um horizonte de emprego e renda para a população da Mata. As inscrições podem ser confirmadas através do email comunicacao@gdimata.com.br

Convite Palestra APL's

Sebrae Minas realiza Empretec em Juiz de Fora

Inscrições para as entrevistas vão até 14 de setembro

 

De 2 a 7 de outubro, o Sebrae Minas realiza mais uma edição do Empretec, em Juiz de Fora. O seminário é uma metodologia de ensino inovadora, desenvolvida pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de estimular o comportamento empreendedor. As entrevistas ocorrem de 18 a 22 de setembro.

No dia 12 de setembro, de 18h30 às 20h, o Sebrae irá realizar a palestra “Empretec: como ser mais empreendedor!”, com o objetivo de informar mais sobre o curso aos interessados e tirar dúvidas. A ação gratuita é uma apresentação do que é o seminário, com demonstração de seus benefícios. As inscrições devem ser feitas pelos telefones (32) 3257-4712 e 0800 570 0800.

O Empretec consiste numa capacitação intensiva, realizada em seis dias de imersão, com dedicação exclusiva. Ministrado no Brasil exclusivamente pelo Sebrae, com duração de 60 horas, o programa abrange atividades desafiadoras, nas quais os participantes vivenciam as dez características empreendedoras que serão trabalhadas:

  •      Busca de oportunidade e iniciativa
  •      Persistência
  •      Comprometimento
  •      Exigência de qualidade e eficiência
  •      Correr riscos calculados
  •      Estabelecimento de metas
  •      Planejamento e monitoramento sistemático
  •      Busca de informações
  •      Independência e autoconfiança
  •      Persuasão e rede de contatos

O seminário é ideal para empresários e empreendedores que pretendem criar, ampliar ou melhorar seu desempenho nos negócios. Os interessados em participar das entrevistas devem fazer suas inscrições até o dia 14 de setembro, pelos telefones (32) 3257-4712 e 0800 570 0800.

Outras informações: http://www.empretecsebraeminas.com.br/

Este material foi produzido pela Agência Sebrae de Notícias e reproduzido pelo Núcleo de Comunicação do GDI-Mata. 

Juiz de Fora sedia Conferência de Inovação e Desenvolvimento para a Zona da Mata Mineira

Evento acontece nos dias 22 e 23 de agosto, no Gran Victory Hotel

 

A importância da inovação no processo de desenvolvimento regional, a partir da interação entre os segmentos acadêmico e empresarial, será abordada na Conferência de Inovação e Desenvolvimento para a Zona da Mata Mineira (CONIDE), que acontecerá nos dias 22 e 23 de agosto, em Juiz de Fora. O evento pretende convergir, em um mesmo espaço, diversas visões sobre o desenvolvimento socioeconômico, promovendo debate e sinalizando perspectivas de aplicação na realidade local. Promovida pelo Grupo de Trabalho Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira (GDI Mata), por meio de entidades integrantes, a CONIDE acontecerá no Gran Victory Hotel, localizado na Avenida Presidente Itamar Franco, 3.800, bairro Cascatinha.

A programação inclui painéis, palestras e sessões temáticas dos grupos de trabalho do GDI Mata: “Agronegócio”, “Comércio”, “Indústria”, “Serviços” e “Turismo”, reunindo pessoas com experiência de mercado e outras com atuação acadêmica, para debater a inovação nos diversos setores e os impactos no mercado de trabalho e no desenvolvimento urbano. Para os organizadores, o evento é uma oportunidade para empresários estabelecerem parcerias com pesquisadores, de forma a utilizar a inovação para o avanço dos negócios, além de indicar caminhos para a estruturação das cidades de forma mais inteligente, que aproxime o poder público do cidadão.

Na terça-feira, 22, o evento terá início às 14 horas, com o painel “Inovação na esfera pública e na iniciativa privada”, apresentado por Caetano Christophe Penna, doutor em Estudos de Política de Ciência e Tecnologia, e Fábio Veras de Souza, doutor em Direito Constitucional. Às 15h45, sessões paralelas dos grupos de trabalho terão a participação de José Maria Jardim da Silveira, doutor em Engenharia Agronômica (Agronegócio); Ricardo Lourenço, presidente do Grupo Lupin no Brasil, e Jadir Vieira, diretor executivo da Medquímica (Indústria); Fabrício Soares, administrador e especialista em Finanças (Serviços); e Rafael Oliveira, superintendente da Secretaria de Estado de Turismo (Turismo).

A programação seguirá com o painel “A nova economia e os impactos no mercado de trabalho”, com Fernanda Schröder, gerente nacional de carreiras da DeVry Educacional, e Débora Marques, gerente de Inovação e Transferência de Tecnologia do Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia da Universidade Federal de Juiz de Fora (Critt/UFJF).

Às 20 horas, Paulo Roberto Haddad ministrará palestra de abertura. Ministro da Fazenda durante a presidência de Itamar Franco, Haddad é formado em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com curso de especialização em Planejamento Econômico. Foi fundador e primeiro diretor do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da UFMG e autor de diversos livros e artigos em revistas especializadas no Brasil e exterior. Exerceu cargos de secretário de Planejamento e da Fazenda do Governo de Estado de Minas Gerais e de diretor de Planejamento Econômico da Fundação João Pinheiro.

Na quarta-feira, 23, a CONIDE terá início às 14 horas, com o painel “Smartcities e as parcerias público-privadas”, com a participação do vice-presidente do Instituto Smart City Business América, Felipe Fulgêncio, e do subsecretário de Tecnologia da Informação da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno da Prefeitura de Manaus (AM), Eudo de Lima Assis. Às 15h45, as sessões paralelas serão intermediadas por Paulo do Carmo Martins, chefe-geral da Embrapa Gado de Leite (Agronegócio); Jovino Campos, fundador e CEO do Grupo Bahamas (Comércio); Carlos Gadelha, doutor em Economia (Indústria); Guilherme Bastos, diretor da Cedimagem (Serviços); e Patrícia Moreira, consultora da Confederação Nacional da Indústria – CNI (Turismo).

Inovação e Desenvolvimento na Zona da Mata Mineira” será tema de painel com a participação de Fernando Salgueiro Perobelli, economista e professor-associado da UFJF, e Rubens Amaral, gerente de Planejamento do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), às 19h15. Logo após, o painel “Startups e tecnologia” terá a presença de Felipe Mariani de Paula, analista e desenvolvedor de projetos de investimento em startups de base tecnológica na Fundep Participações (Fundepar MG), de Gian Meneses, empreendedor responsável pela tecnologia e desenvolvimento das plataformas de operação do “Qranio” e de Silvana Braga, diretora geral do SEED – Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development e do SIMI – Sistema Mineiro de Inovação, ambos programas do Governo de Minas que tem o objetivo de transformar Minas Gerais no maior polo de empreendedorismo e inovação da América Latina.

Realizada pelo GDI Mata, por meio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a Conide tem o patrocínio da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), BDMG, Lanetwork Serviços de Rede e Informática, Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Fadepe), Secretaria de Estado Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais – SEEDIF, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – SEDECTES, Caixa Econômica Federal e Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig). Apoio: Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região (ADJFR), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), CIMO Engenharia e Soluções Ambientais. Promoção: Rádio Itatiaia e TV Integração e produção-executiva Partner Produções.

A CONIDE é voltada para prefeituras e secretarias; gestores municipais, estaduais e federais; empresários, engenheiros, arquitetos, urbanistas, advogados, consultores, planejadores e pensadores de organizações comprometidas com o desenvolvimento e inovação; fundos de investimentos, banco financiadores e organismos de fomento; investidores; entidades de classe e universidades públicas e privadas.

Sobre o GDI Mata

Criado em 2016, com a proposta de conectar e direcionar um trabalho cada vez mais colaborativo entre universidades, instituições de pesquisa e empresas no âmbito regional, o Grupo de Trabalho Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira (GDI Mata), é uma união de diversas entidades, instituições, associações e organizações representativas em uma rede, com o objetivo de estabelecer um novo horizonte na evolução econômica e social para Juiz de Fora e região da Zona da Mata Mineira.

Serviço:

CONFERÊNCIA DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PARA A ZONA DA MATA MINEIRA (CONIDE)

DATA: 22 e 23 de agosto de 2017

LOCAL: Gran Victory Hotel (Antigo Independência Trade Hotel)

Av. Itamar Franco, 3.800, Cascatinha, Juiz de Fora, MG

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:

www.conide.com.br

facebook.com/conidezm

Telefones: (32) 3082-8900 / 99982-7375

Confira as oportunidades de captação de recursos não-reembolsáveis

Muitas oportunidades de captação de recurso estão com prazo de submissão aberto. Se você ou sua empresa se encaixam nos pré-requisitos previstos nos editais, essa é sua chance! Confira abaixo as oportunidades e se atente para as datas:

 

Edital App para Cultura

O edital tem por objeto o apoio ao desenvolvimento de 40 aplicativos ou jogos eletrônicos inéditos e originais, voltados para a disponibilização de serviço cultural.
Público-alvo
O edital é aberto a todas as pessoas brasileiras, natas ou naturalizadas, maiores de 18 anos, que sejam pessoas físicas – autoras ou desenvolvedoras do aplicativo.
Linhas temáticas
  •         Audiovisual: 20 (vinte) aplicativos voltados para o audiovisual (como data base, jogo de perguntas, visualização de filmes, edição de vídeos, rankings de filmes/séries, programação de salas de cinema etc.);
  •         Cultural Livre: 20 (vinte) aplicativos com temática cultural livre
Prazo para envio de propostas até:
21/08/2017
Apresentação de propostas
Tipo de apoio
  •         R$ 20.000,00 (vinte mil reais) por projeto.

 

Chamada pública conjunta para projetos de cooperação ICT-empresa, Finep e CDTI, da Espanha

Público Alvo:
Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT), ou Fundação de Apoio a uma ICT.
Objetivo:
Apoiar, por meio de financiamento não reembolsável às ICTs brasileiras pela FINEP e financiamento a empresas espanholas pelo CDTI, projetos elaborados em cooperação entre ICTs e empresas brasileiras e empresas espanholas, cujos objetivos estejam em consonância com as linhas temáticas apresentadas no item 3 desta Chamada Pública Conjunta.
Linhas Temáticas*:
Pesquisa estratégica e o desenvolvimento de parcerias para inovação em Tecnologias da Informação e Comunicação, Meio Ambiente e Eficiência Energética.
Valor Máximo por projeto
R$ 2.000.000,00
Prazo para envio de propostas:
24/08/2017
Link:
http://www.finep.gov.br/chamadas-publicas/chamadapublica/602

 

KR Foundation

Público Alvo:
Organizações que abordem as temáticas de degradação ambiental e mudanças climáticas.
Objetivo:
Financiar projetos que abordem as temáticas de degradação ambiental e mudanças climáticas.
Linhas Temáticas*:
Duas linhas programáticas: comportamento sustentável e finanças sustentáveis.
Valor Máximo por projeto:
Projeto de 500 mil até 5 milhões de coras dinamarquesas (na cotação atual 222 mil a 226 milhões de reais).
Prazo para envio de propostas:
04/09/2017
O processo consiste em duas fases, sendo a primeira o envio de uma carta de intenções (Letter of Inquiry ou LOI) por meio da plataforma Fluxx, própria da Fundação.
Na segunda fase, os responsáveis pelos projetos previamente selecionados serão convidados a apresentar uma proposta completa e detalhada.
Todos os documentos devem estar na língua inglesa e a Fundação só aceitará as LOIs mandadas até duas semanas antes do prazo final.
Link:
http://krfnd.org/apply-for-funding/

 

Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais – EDITAL LEIC 2017

Público Alvo:
Empreendedores Culturais, pessoa física ou jurídica.
Objetivo:
Viabilizar a realização de projetos culturais por meio de recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, via renúncia fiscal atrelada ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).
Linhas Temáticas*:
  •         Artes cênicas;
  •         Audiovisual;
  •         Artes visuais;
  •         Música, Literatura, obras informativas, obras de referência e revistas;
  •         Preservação e restauração do patrimônio material, inclusive o arquitetônico, o paisagístico, o arqueológico e do patrimônio imaterial.
Valor Máximo por projeto
Entre R$ 200.000,00 e R$ 900.000,00, respeitando as categorias de projetos culturais mencionadas no Edital.
Prazo para envio de propostas:
30/09/2017
Link:
http://www.cultura.mg.gov.br/component/gmg/story/4127-fernando-pimentel-lancaedital-da-lei-estadual-de-incentivo-a-cultura
http://www.cultura.mg.gov.br/images/documentos/Edital%20Lei%20Estadual%20de%20Incentivo%20%C3%A0%20Cultura%202017.pdf

 

14º Prêmio de Inovação em Turismo

Público Alvo:
  1. Política Pública e Governança
  2. Empresas
  3. Organizações não governamentais
  4. Pesquisa e tecnologia
Objetivo:
A Organização Mundial do Turismo está recebendo inscrições para a décima-quarta edição do Prêmio de Inovação em Turismo
Linhas Temáticas*:
  1. a)       Prêmio UNWTO para inovação em políticas públicas e governança:
Uma iniciativa é altamente inovadora e gerida por uma instituição pública ou pública-privada que reflete melhorias tangíveis e sustentáveis em políticas, processos e governança. Modelo inclusivo de governança turística que envolva diversas partes interessadas do turismo.
  1. b)      Prêmio UNWTO para inovação nas empresas:
Uma iniciativa apresentada por uma empresa ativa que opera projetos ou oferece produtos ou serviços inovadores no campo do turismo. Esta inovação pode ser demonstrada através de aplicações amigas do meio ambiente, engajamento de responsabilidade corporativa social e outras contribuições inovadoras.
  1. c)       Prêmio UNWTO para inovação em organizações não governamentais:
Uma iniciativa gerida por uma organização não-governamental com um claro escopo sem fins lucrativos usando ações de base, parceria, governança e / ou da sociedade civil como fatores-chave para suas conquistas. A iniciativa deve ser original e inspiradora, destacando o turismo como uma ferramenta estratégica para o desenvolvimento equilibrado e sustentável em aspectos econômicos, sociais e / ou ambientais.
  1. d)      Prêmio OMT da Inovação em Pesquisa e Tecnologia:
O Prêmio distingue um pioneiro visionário cuja iniciativa ajudou o setor privado, uma comunidade, um destino ou um país a maximizar as oportunidades relacionadas ao uso da tecnologia para avançar no desenvolvimento do turismo sustentável. O projeto de pesquisa ou iniciativa de inovação tecnológica deve ser altamente inspirador e evidenciar sua eficácia com aplicações práticas e um impacto mensurável no setor de turismo.
Valor Máximo por projeto:
Os prêmios serão um troféu ou uma medalha, acompanhado de um certificado. Não serão oferecidas recompensas econômicos.
Prazo para envio de propostas:
30/09/2017 – A candidatura ao prêmio deve ser submetida em Inglês.
Link:
http://know.unwto.org/14th-unwto-awards-apply

Prorrogado o prazo de submissão de trabalhos na Conferência de Inovação e Desenvolvimento para a Zona da Mata Mineira (Conide)

A Conferência de Inovação e Desenvolvimento para a Zona da Mata Mineira (Conide), prorrogou o período de inscrições para a submissão de trabalhos científicos, que devem ser enviados até o dia 20 de Julho. Organizado pelo Grupo de Trabalho, Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira (GDI Mata), a iniciativa pretende convergir, num mesmo espaço, diversas visões sobre desenvolvimento econômico e social, promovendo o debate sobre essas perspectivas e sua aplicação na realidade regional.

 

Lembrando que os trabalhos científicos, em formato pôster, devem se enquadrar dentro de um dos seguintes temas:

  •         Desenvolvimento: indicadores econômicos, arranjos produtivos locais, atividades econômicas relacionadas ao agronegócio, indústria, serviço, comércio e turismo, desenvolvimento tecnológico, desenvolvimento regional.
  •         Inovação: inovações tecnológicas em produtos ou processos, inovações em serviços, marketing, modelos de negócio relacionados ao agronegócio, indústria, serviço, comércio e turismo.

A proposta deve ser enviada em formato PDF para o e-mail poster@conide.com.br. Serão selecionados até 100 trabalhos e o resultado final será divulgado em 1º de agosto.

Datas importantes:

Submissão de trabalhos: Até 20 de julho de 2017.

Resultado da avaliação: 1º de agosto de 2017.

Apresentação do pôster: 22 e 23 de agosto de 2017

Consulte o regulamento e inscrições no site: www.conide.com.br

 

 

Abertas as inscrições para o Go Minas em Juiz de Fora

Projeto é destinado a empreendedores que desejam acelerar a inovação de seus negócios

Estão abertas as inscrições para o projeto Go Minas, que irá capacitar de 15 a 20 startups de Juiz de Fora para melhorarem a gestão dos negócios e ampliarem mercado. É a primeira vez que o Go Minas é promovido na cidade e consiste em um programa de pré-aceleração, composto por consultorias, mentorias e capacitações para as startups que desejam acelerar a sua evolução. A iniciativa integra o projeto de Desenvolvimento do Ecossistema de Inovação da Zona da Mata, realizado pelo Sebrae Minas para aumentar a competitividade dos empreendimentos, por meio de capacitação, incentivo à inovação e atração de novos negócios. As inscrições devem ser feitas até 10 de julho no site do Sebrae Minas ou pelo telefone (32) 99963-4025.

O programa tem duração de quatro meses, com início em agosto de 2017. Podem se inscrever startups formalizadas ou empresas tradicionais com projetos de inovação, que possuem faturamento anual de até R$ 3,6 milhões e desejam acelerar sua evolução. Esses empreendimentos podem estar desenvolvendo novas iniciativas ou em fase inicial de operação, contanto que possuam um Produto Mínimo Viável (MVP) e um modelo de negócios que permita uma produção em escala ilimitada, com capacidade de crescimento rápido.

Para a analista do Sebrae Minas, Daniela Mendonça, o Go Minas vai de encontro aos principais desafios identificados para o fomento de empreendimentos inovadores de pequeno porte, a partir de uma base temática que é aplicada em outros programas de incentivo à inovação, porém, ajustadas às necessidades do grupo. “Em Juiz de Fora, o Go Minas contemplará metodologias como Costumer Development, DEEP, Oceano Azul e Grow Racking”.

O programa engloba atividades-chaves como reunião de diagnóstico e elaboração de plano tecnológico; encontros com a participação de startups, convidados e âncoras; instrutórias coletivas; consultorias individuais e momentos de interação e difusão com o ecossistema local.

As organizações selecionadas receberão subsídio do Sebrae Minas de 80% do valor total do programa (R$6.981,33), sendo que os 20% restantes (R$1.396,27) ficam a cargo da instituição. Esse valor pode ser dividido em 12 parcelas no cartão de crédito ou em seis, via boleto bancário.

Este material foi produzido pela Agência Sebrae de Notícias e reproduzido com contribuições do Núcleo de Comunicação do GDI-Mata.

Conferência sobre Inovação e Desenvolvimento na Zona da Mata abre inscrições para submissão de trabalhos científicos

Visando contemplar ideias que se relacionem com inovação e desenvolvimento, a Conferência de Inovação e Desenvolvimento para a Zona da Mata Mineira (Conide), abre o período de inscrições para a submissão de trabalhos científicos. Organizado pelo Grupo de Trabalho, Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira (GDI Mata), a iniciativa tem o objetivo de difundir conhecimentos e conectar ideias e pessoas à oportunidades de negócio e colaboração.

Os trabalhos, em formato pôster, devem se enquadrar dentro de um dos seguintes temas:

  •         Desenvolvimento: indicadores econômicos, arranjos produtivos locais, atividades econômicas relacionadas ao agronegócio, indústria, serviço, comércio e turismo, desenvolvimento tecnológico, desenvolvimento regional.
  •         Inovação: inovações tecnológicas em produtos ou processos, inovações em serviços, marketing, modelos de negócio relacionados ao agronegócio, indústria, serviço, comércio e turismo.

A proposta deve ser enviada em formato PDF para o e-mail poster@conide.com.br. até o dia 10 de julho. Serão selecionados até 100 trabalhos e o resultado final será divulgado em 1º de agosto.

Datas importantes:

Submissão de trabalhos: 5 de junho a 10 de julho de 2017.

Resultado da avaliação: 1º de agosto de 2017.

Apresentação do pôster: 22 e 23 de agosto de 2017

Consulte o regulamento e inscrições no site: www.conide.com.br

Para o diretor de Inovação da Universidade Federal de Juiz de Fora e representante da UFJF no GDI Mata, Ignacio Godinho Delgado, o propósito da conferência é intensificar a sensibilização dos agentes públicos e privados que estão associados à inovação para uma colaboração mais intensa e permanente. “É uma oportunidade para a Universidade e as instituições parceiras apresentarem suas expertises e, ao mesmo tempo, para os agentes econômicos da cidade identificarem nesses conhecimentos, o atendimento de suas demandas”.

O Conide acontecerá nos dias 22 e 23 de agosto, no Gran Victory Hotel em Juiz de Fora, e contará com palestras, painéis e sessões de discussão com a participação de pesquisadores e profissionais atuantes em diversas áreas, como agronegócio, turismo, comércio, indústria e serviços. Toda a programação já está disponível e pode ser acessada aqui.

Sobre o GDI

As ações do GDI Mata são definidas em reuniões mensais das entidades que o constituem e das atividades dos Grupos Temáticos, sob supervisão da Coordenação Geral, composta pela Embrapa, IF Sudeste MG, Prefeitura de Juiz de Fora, Sebrae e UFJF, que se reúne semanalmente. O grupo também conta em sua operação com colaboradores lotados nos setores de Comunicação e Marketing e Tecnologia da Informação do Critt/UFJF.

Mais informações: 2102-3435 (Secretaria da Diretoria de Inovação)

Sinduscon e Sebrae promovem seminário de “Perspectivas e desafios para a construção civil”

No Brasil, o setor da construção civil envolve mais de 720 mil microempreendedores individuais (MEI) e cerca de 355 mil micro e pequenas empresas (MPE) ligadas ao segmento. Apesar da crise ter afetado o setor nos últimos anos, muitos empreendedores estão em busca de diferenciais para se destacar no mercado.

De acordo com dados do IBGE, referentes a maio deste ano, o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) apresentou uma variação de 0,30%, ficando 0,15 ponto percentual acima da taxa do mês anterior (0,15%). Os últimos doze meses ficaram em 4,52%, resultado abaixo dos 5,07% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. Em maio de 2016, o índice foi 0,83%.

O custo nacional da construção, por metro quadrado, que em abril fechou em R$ 1.039,54, em maio subiu para R$ 1.042,69, sendo R$ 536,24 relativos aos materiais e R$ 506,45 à mão de obra. Em Minas Gerais, no mês de maio, esse custo médio foi de R$ 992,96, o que representa uma variação percentual mensal de 0,37% e, anual, de 3,55%.

Como forma de fomentar o setor da construção civil e capacitar seus empresários, o Sebrae Minas e o Sindicato da Construção de Juiz de Fora (Sinduscon-JF) realizam, no dia 28 de junho, a partir das 18h30, o seminário “Perspectivas e desafios para a construção civil”, no Centro Industrial de Juiz de Fora, localizado na Av. Rio Branco, n° 2337, Centro. A ação é voltada para construtoras, pequenas empreiteiras, engenheiros, arquitetos e empreendedores do setor da construção civil e a inscrição é gratuita.

Para mais informações e inscrições é só ligar para (32) 3257-4708 / 4712 // 0800 570 0800, ou pelo site www.sebraemg.com.br

Este material foi produzido pela Agência Sebrae de Notícias e reproduzido com contribuições do Núcleo de Comunicação do GDI-Mata.

Associação Comercial e Industrial e Prefeitura realizam a V Feira da Indústria e Comércio de Barbacena

De 23 a 27 de maio, a Associação Comercial e Industrial de Barbacena (Acib) e a Prefeitura Municipal realizam a V Feira da Indústria e Comércio de Barbacena (Feicob), na Praça dos Andradas, no centro de Barbacena. Durante o evento, o Sebrae Minas irá promover diversas ações gratuitas para os pequenos empreendedores da cidade e da região. A Feicob é voltada para a geração de negócios e valor e tem como objetivos oferecer à comunidade a oportunidade de conhecer diversas indústrias e empresas de Barbacena, criar uma consciência empreendedora no município e oportunizar a alavancagem das empresas locais, estimulando o acesso a novos mercados e fornecedores locais.

 

Programação Sebrae Minas

23/05

13h às 17h: Oficina Como ser MEI na prática

19h às 21h: Palestra Administração competitiva

 

24/05

13h às 17h: Oficina Como elaborar um planejamento para abertura de empresas

18h às 22h: Oficina Como controlar o seu dinheiro

 

25/05

13h às 17h: Oficina Como ser MEI na prática

19h às 21h: Palestra Cerveja artesanal é um bom negócio?

 

26/05

13h às 15h: Palestra Qualidade no atendimento ao cliente

18h às 22h: Oficina Como ser MEI na prática

 

27/05

10h às 12h: Empreendedorismo com Foco no Empretec

 

Nos cinco dias de evento, haverá também atendimentos especializados com um consultor de finanças e mercado do Sebrae Minas. Os horários devem ser agendados no estande do Sebrae na feira ou pelo telefone (32) 3332-9686.

 

Este material foi produzido pela Agência Sebrae de Notícias e reproduzido com contribuições do Núcleo de Comunicação do GDI-Mata.

Sebrae Minas promove dia de conhecimento, colaboração e negócios para startups pela primeira vez em Juiz de Fora

O Sebrae Minas promove, no dia 20 de maio, das 10h às 16h30, a primeira edição do Startup Day em Juiz de Fora. O evento é coordenado pelo Sebrae, simultaneamente em todo o Brasil, e será realizado no Premier Park Hotel (Av. Deusdedith Salgado, 1805 – Teixeiras). O objetivo é fomentar o ecossistema de inovação e apresentar casos de sucesso que inspirem os empreendedores. As inscrições gratuitas devem ser feitas no site do Sebrae Minas e o evento

Durante a maratona de sete horas de aprendizado e prática, os participantes irão mergulhar no universo da inovação. As ações são voltadas para startups em todos os estágios de maturidade. A construção do evento é feita de forma colaborativa, privilegiando sempre as demandas e necessidades do ecossistema local.

“O evento é uma forma de incentivo para o desenvolvimento de startups na região. Os empreendedores vão participar de palestras, debates, encontros e atividades práticas como workshops, oficinas e treinamentos”, destaca a analista do Sebrae Minas Daniela Mendonça. Haverá, ainda, o lançamento do Programa Go Minas – Aceleração de Startups em Juiz de Fora, através do Sebraetec, instrumento do Sebrae que permite às empresas de qualquer setor econômico o acesso subsidiado a serviços em inovação e tecnologia, visando à melhoria de processos e produtos e/ou à introdução de inovações nas empresas e mercados.

“Teremos, também, um espaço para as startups locais divulgarem seus serviços e ofereceremos a oportunidade de conectar profissionais que querem trabalhar em startups com os principais atores do ecossistema de inovação”, ressalta Daniela.

 

Conheça os palestrantes

Leonardo L’Hotellier: formado em Engenharia da Computação pelo IME (Instituto Militar de Engenharia) e pós-graduado em Finanças pela COPPEAD, Eduardo L’Hotellier começou sua carreira na área de consultoria estratégica e gestão financeira. É CEO e fundador da GetNinjas, empresa premiada pela The Next Web, Microsoft, Startup Farm, entre outras.

Matt Montenegro: CEO do Barba Ruiva, que funciona como um guarda-chuvas para o Beved, um mercado livre de cursos online;  e criador do AIO, um YouTube corporativo para base de conhecimento, comunicação interna e mini treinamentos para empresas. É formado em Comunicação Social (Publicidade) na Newton Paiva, pós-graduado em Design de Interação na PUC e especialista em User Experience. É membro ativo do San Pedro Valley, comunidade autogerenciada de startups da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

Alexandre Rodrigues: CEO e fundador da Evnts, plataforma tecnológica de reserva de hotéis para eventos e grupos. É formado em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (UnB). Antes de fundar sua startup, trabalhou na OFEX, empresa de organização de eventos.

 

Startups em Minas

Minas Gerais é o segundo estado brasileiro em número de startups, atrás apenas de São Paulo. São 365 startups, algo em torno de 9% do total nacional. Segundo o presidente da ABStartups, Amure Pinho, estima-se que 25% das startups brasileiras morrem. “Uma em cada quatro não sobrevive, o que é considerado razoável em se tratando de um segmento que lida com as incertezas”. Para ele, esse cenário se justifica pelo fato de as startups criarem soluções inovadoras, muitas vezes à frente das próprias demandas do mercado. “Os empreendedores de startups são desbravadores, vão onde ninguém ousou ir”, pontua.

 

Este material foi produzido pela Agência Sebrae de Notícias e reproduzido com contribuições do Núcleo de Comunicação do GDI-Mata.