GDI realiza encontro para discutir e incentivar a cultura exportadora

No dia 11 de Dezembro (terça-feira),  às 18h30, o Grupo de Trabalho Desenvolvimento e Inovação vai realizar o 5º Meet-Up: “Como começar a vender no exterior”, guiado pela Élida Rabelo e Fernanda Alves, ambas do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX).

No encontro, a conversa será voltada para se mostrar os meios pelos quais as empresas podem iniciar o processo de exportação de seus produtos e serviços, estimulando a competitividade e promovendo a cultura exportadora. Na ocasião, haverá também uma reunião do GDI em que se discutirão todas as ações desenvolvidas pelo grupo e os planos para o próximo ano.

O evento ocorrerá no Restaurante Pimenta, Picanha e Pinga (Av. Eugênio do Nascimento, 310 – Aeroporto, Juiz de Fora – MG), com um rodízio de petiscos que será servido à R$30, com venda de bebidas a parte. Os interessados devem se increver gratuitamente pelo link: http://bit.ly/5MeetUp

3° Meet-Up GDI debate eficiência energética para empresas

O “3° Meet-up GDI Mata: Como economizar energia elétrica na sua empresa” reuniu empresários de diversos setores para mais um encontro da série de eventos voltados para  empreendedorismo do GDI. O meet-up ocorreu na última quarta-feira (19), no restaurante Pimenta, Picanha e Pinga.

O facilitador da ação foi o professor doutor em Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Fabrício Campos, que trouxe dicas e debateu com os participantes as melhores formas de se obter uma eficiência energética de até 50% nas empresas.

Segundo ele, “existe uma necessidade grande no mercado de certa forma entender como funciona a parte de cobrança e tarifação da energia elétrica e efetivamente você vê mudanças e resultados nessa redução.” Em sua apresentação ele deu destaque para as fontes de geração de energia, a forma que a concessionária cobra essa geração e as chamadas energias ativa e reativa. Entre outros processos, ele mostrou como reduzir essa energia reativa, pois de acordo com Fabrício, “a energia ativa é a que de fato produz alguma coisa, mas a reativa é a que sobra, você está pagando mas talvez não está produzindo”. O professor tmabém forneceu a possibilidade de realização de um diagnóstico de eficiência energética para as empresas e já foram firmadas cerca de 3 parcerias.

O próximo meet-up está previsto para acontecer no dia 9 de Outubro e será voltado para finanças. Mais informações em breve pelos meios de comunicação do GDI.

I Workshop GDI Mata e Vertentes reúne diversos setores nos dois anos do grupo

Para comemorar os dois anos do Grupo de Trabalho, Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira (GDI-Mata) foi realizada nesta quinta-feira, 23, o I Workshop GDI Mata e Vertentes que finalizou uma série de encontros que celebram a data. O evento aconteceu Museu de Arte Murilo Mendes (Mamm) e envolveu acadêmicos, empresários e representantes do poder público em discussões acerca de temas relacionados ao desenvolvimento econômico, utilização de tecnologias associadas à indústria 4.0 e os caminhos para construção de um ecossistema de inovação na Zona da Mata mineira e Vertentes.  

Segundo o prefeito Antônio Almas, o evento é uma grande oportunidade de desenvolvimento regional. “Acredito que Juiz de Fora não pode pensar no seu crescimento sem ter a visão da Zona da Mata e Vertentes. Esses dois anos do GDI são comemorados com essa visão de rede, que permite dialogarmos e pensarmos o crescimento de toda a região”.

O reitor da Universidade Federal de Juiz de Fora, Marcus David avaliou o evento como uma síntese do papel que a instituição deve exercer para contribuir com o desenvolvimento local. “A Instituição deve possibilitar que o conhecimento possa ser apropriado pelo mercado para alavancar o crescimento da região. As associadas do GDI possuem todas as condições de oferecer oportunidades para as empresas”.

As palestras e o painel contaram com a presença da presidente do Sindicato das Indústrias de Alimentação de Juiz de Fora (SIA-JF) e proprietária da empresa de Condimentos Portuense, Flávia Gonzaga; do presidente do Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá (Intersind), Áureo Barbosa; do atual presidente da Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região (ADJFR), Célio Carneiro Chagas; do diretor-geral do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), David Kupfer; e do diretor-executivo da Fundação de Desenvolvimento e Pesquisa Participações S/A (Fundepar), Ramon Dias de Azevedo.

No evento, além da exibição de toda a trajetória do grupo nesse dois anos de existência e ações em curso, foi revelado que estão sendo feitas conexões para que a Universidade Federal de Viçosa (UFV), a de São João del Rei (UFSJ), e a de Lavras (UFLA) integrem o grupo, tornando assim, o GDI Zona da Mata e Vertentes.

“2° Meetup GDI Mata: estratégias para fomentar vendas locais” reúne empresários e representantes da região

O “2° Meetup GDI Mata: Como fomentar vendas locais” reuniu empresários e representantes de instituições para debater as melhores formas de impulsionar o desenvolvimento de setores como o produtivo a longo prazo na região. O encontro é o segundo de uma série de eventos que marcam os 2 anos do Grupo de Trabalho Desenvolvimento e Inovação da Zona na Mata Mineira.

 

O economista Fernando Perobelli realizou uma apresentação sobre o tema, versando sobre o consumo, restrição orçamentária da região, os ambientes externo e interno para o comportamento do mercado e estratégias de expansão do mesmo. O destaque de sua fala ficou para a mudança na estrutura estratégica do mercado, que vem ao longo dos anos se formando em torno da parceira ao invés da concorrência local. Segundo ele “hoje, como a gente tem o mundo como mercado, a possibilidade de diminuição dos custos com transporte e a inserção do nosso produto em vários locais, essa questão da parceria faz com que a gente potencialize o nosso tamanho.” A união desses pontos, de acordo com ele, faz com que haja um compartilhamento de riscos, redução de custos, a criação da identidade de marca no município e o aumento da qualidade final. Após a mediação do economista, com a inclusão de um rodada de perguntas e respostas, foi aberta uma roda de conversa entre os participantes, que tiveram a oportunidade de trocar experiências e conhecimentos de suas respectivas áreas.

 

O próximo encontro do grupo será o “I Workshop GDI Mata e Vertentes”, que ocorrerá no dia 23 de agosto, às 17h no Museu de Arte Murilo Mendes, com a presença de palestrantes como David Kupfer, diretor geral do Instituto de Economia da UFRJ e Ramon Dias de Azevedo, diretor executivo da Fundepar . Saiba mais sobre esse evento em: https://www.facebook.com/events/2297877350237398/. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas gratuitamente pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScfqvfa4f2f3Bll7-oe5KD0_GRsGzYRoFnGzVucgGkCyq66Xw/viewform

 

Confira abaixo as fotos do 2° MeetUp:
2° Meet-Up GDI

I Workshop GDI Mata e Vertentes marca os dois anos do grupo

O Grupo de Trabalho Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira (GDI-Mata) está completando dois anos de existência e vem realizando uma série de eventos para marcar a data. Para finalizar a programação, no dia 23 de agosto, vai realizar, no Museu de Arte Murilo Mendes (MAMM), a partir das 17 horas, o I Workshop GDI Mata e Vertentes. Na ocasião, acadêmicos, empresários e profissionais envolvidos em instituições públicas vão debater as perspectivas da economia regional, considerando as possibilidades de desenvolvimento e utilização de tecnologias associadas à indústria 4.0 e os caminhos para construção de um ecossistema de inovação na mata mineira e vertentes.

O encontro vai contar com a presença de Flávia Gonzaga, proprietária da empresa de Condimentos Portuense e presidente do Sindicato das Indústrias de Alimentação de Juiz de Fora (SIA-JF), que vai participar do Painel “Perspectivas da economia da Mata e Vertentes: a visão empresarial” ao lado de Aureo Barbosa, presidente do Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá (Intersind) e Célio Carneiro Chagas, atual Presidente da Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região (ADJFR). Já David Kupfer, diretor geral do Instituto de Economia da UFRJ, vai falar sobre a “Indústria 4.0 no Brasil – Perspectivas pública e privada”, trazendo sua visão a partir dos resultados da pesquisa coordenada por ele sobre o panorama atual e futuro desse campo, encomendada pelo projeto Industria 2027 e publicada em dezembro de 2017.

Para fechar o evento, contaremos com uma palestra ministrada por Ramon Dias de Azevedo, Diretor Executivo da Fundep Participações S/A, com a temática: “Como consolidar um ecossistema regional de inovação?”.

Seguindo uma série de meet-ups sobre as perspectivas de atuação do grupo, o workshop, além de traçar um panorama para as futuras atividades, serve como uma oportunidade para a disseminação de informação sobre as áreas que vêm se expandindo dentro do mercado de inovação e que afetam a competitividade do setor produtivo brasileiro.

 

As inscrições deverão ser feitas pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScfqvfa4f2f3Bll7-oe5KD0_GRsGzYRoFnGzVucgGkCyq66Xw/viewform

 

Duvidas e outras informações pelo e-mail: gdimata@gdimata.com ou pelo telefone (32) 2102-3435 (Ramal 206)

 

Confira abaixo a programação completa do evento:

atualizado

GDI Mata promove o 1° Meet-Up: Trajetória e Novas Perspectivas

Aconteceu ontem (17/07) o 1° Meet-Up GDI-Mata: Trajetória e Novas Perspectivas, o primeiro de uma série de encontros que marcam os dois anos do Grupo de Trabalho, Desenvolvimento e Inovação para a Mata Mineira. Os encontros servem para estimular o diálogo entre diferentes esferas da sociedade e traçar novas perspectivas de atuação do grupo no futuro.

No primeiro encontro, o empresário Yoshio Shubo apresentou sua experiência no Vale do Silício e o que aprendeu que pode servir para traçar objetivos mais específicos dentro do grupo. O diretor do Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia (Critt), Ignácio Delgado, também apresentou as conquistas e realizações ate o momento e o que está definido como meta para o futuro, além de colocar alguns pontos positivos e negativos no grupo para debate entre todos.

O próximo Meet-Up está previsto para ocorrer no dia 7 de agosto, no Mr. Tugas, com o tema “Estratégias para fomentar vendas locais” e a presença do economista Fernando Perobelli. Ainda haverá o seminário ” I Workshop GDI-Mata e Vertentes” no Museu de Artes Murilo Mendes (MAMM), dia 23 de agosto, encerrando as celebrações.

Confira abaixo as fotos do evento:

1° Meet-Up GDI Mata

 

Juiz de Fora recebe Exchange Sebrae e Hackathon JF Inteligente

Eventos voltados para estudantes e profissionais nos segmentos da tecnologia da informação, business e design quer auxiliar no desenvolvimento do ecossistema de inovação do município

 

 

No dia 8 de junho, o Sebrae Minas promove mais uma edição do Exchange Sebrae, evento gratuito que tem o objetivo de estimular a criação de negócios inovadores, apresentar soluções e tendências do mercado e oferecer capacitações para quem quer empreender nos segmentos de tecnologia, inovação e startup.

A iniciativa tem como proposta transformar ideias em negócios de sucesso, propiciar interação e capacitação, fomentar a cultura empreendedora, fortalecer os pequenos negócios e estimular a criação de negócios inovadores.

Durante o evento, serão três salas de aprendizado e discussão: Educação do FuturoNegócios 4.0 e Smart City. Os participantes que se inscreverem na sala Smart City poderão integrar as atividades do Hackathon JF Inteligente, maratona de desenvolvimento que ocorre nos dias 9 e 10 de junho e que tem o propósito de atender aos desafios enfrentados pela sociedade local.

 

O Hackathon é organizado pelo Sebrae Minas, em parceria com o Grupo de Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira e Vertentes (GDI Mata), a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do estado de Minas Gerais (Sedectes), a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG) e a Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Fadepe), com o apoia da Prefeitura Municipal de Juiz de Fora (PJF).

No Hackathon JF Inteligente, estudantes e profissionais nos segmentos da tecnologia da informação, business e design se juntarão em equipes, com o objetivo de desenvolverem aplicativos que atendam às demandas urgentes da cidade, dentro de seis eixos que serão divulgados no dia do evento. Através de uma pesquisa prévia com a PJF, os eixos foram levantados e elencados para o evento, através de votação do comitê organizador da maratona.

O objetivo da maratona é desenvolver propostas relacionadas ao conceito de cidades inteligentes (smart cities), ou seja, promover a melhoria da infraestrutura urbana e tornar a cidade mais eficiente e melhor de se viver, por meio do uso da tecnologia da informação e comunicações (TICs).

 

Segundo a analista do Sebrae Minas, Camila Villela, o objetivo dos eventos é desenvolver o sistema empreendedor na cidade, dentro da área de tecnologia. “O Sebrae tem um projeto de inovação, cujo objetivo é auxiliar no desenvolvimento do ecossistema de inovação do município. Durante o Hackathon, lançaremos o desafio para que os participantes consigam resolver alguns dos problemas encontrados na cidade”.

 

 

Programação Exchange Sebrae

13h30: Credenciamento

 

Sala 1: Educação do Futuro

14h às 15h: Inovação nos processos de educação

15h às 16h: Como integrar criatividade e tecnologia na educação

16h às16h30: Intervalo

16h30 às 17h30: Educação empreendedora no ensino fundamental e médio

17h30 às 18h30: Google for education

 

Sala 2: Negócios 4.0

14h às 15h: Tecnologia Disruptiva – realidade virtual, internet das coisas e robótica

15h às 16h: Estratégias de marketing e vendas

16h às16h30: Intervalo

16h30 às 17h30: Tendências de consumo e comportamento do consumidor

17h30 às 18h30: Growth Hacking, validação e experiência

 

Sala 3: Smart City – Cidade Inteligente

14h às 15h: Startups e Empreendedorismo de Impacto – Negócios Inovadores

15h às 16h: Economia Colaborativa

16h às16h30: Intervalo

16h30 às 17h30: Inovação como motor do desenvolvimento econômico

17h30 às 18h30: Cidades Sustentáveis

 

Exchange Sebrae – Smart City

Data: 8 de junho de 2018

Local: Centro de Ciências da UFJF (Rua José Lourenço Kelmer, s/n, Praça Cívica, São Pedro)

Informações: (32) 3257-4719

Inscrições: https://www.sympla.com.br/sebrae-exchange–hackathon—jf-inteligente__290853

 

Hackathon JF Inteligente

Data: 9 e 10 de junho de 2018

Local: Centro de Ciências da UFJF (Rua José Lourenço Kelmer, s/n, Praça Cívica, São Pedro)

Informações: (32) 3257-4719

Inscrições: https://www.sympla.com.br/sebrae-exchange–hackathon—jf-inteligente__290853

Sindicomércio promoverá o curso eSocial Versão 2.4

No dia 7 de Maio de 2018, o Sindicomércio promoverá o curso eSocial Versão 2.4 – Visão geral e Estudos dos Leiautes e Eventos Períodos e não-períodos.

Com o objetivo de apresentar uma visão completa do eSocial incluindo o detalhamento do leiaute, assim como os principais impactos nos processos da empresa e fornecer dicas sobre como se preparar para o atendimento dessa nova obrigação e como fazê-la com sucesso, o curso é destinado a profissionais das áreas de RH (Folha de pagamento, Cargos e Salários, Administração de Pessoal, Seleção, Medicina e Segurança do Trabalho, entre outras), Fiscal, Jurídica e demais pessoas interessadas no tema.

O curso abordará:

1ª etapa – Explanativo – Identificadores

  • O que é o eSocial?
  • Quem são as pessoas envolvidas neste processo?
  • Transmissão de arquivos;
  • Obrigações Acessórias que serão substituídas;
  • Excelência no Cadastro dos Trabalhadores;
  • Cronograma e Prazo de implantação (faseamento).

2ª etapa – Eventos Trabalhistas – RET

  • Cadastramento de Tabelas.

3ª etapa – Prestação das informações

  • Eventos periódicos;
  • Eventos não-periódicos;
  • Módulo das reclamatórias trabalhistas ainda não divulgado pelo TST;
  • Estudo dos leiautes de maneira detalhada;
  • Impacto nas empresas;
  • Estabelecimento de plano de ação;
  • Penalidades.

4ª etapa – Funcionamento – Eventos do dia a dia

  • Eventos anuais: férias, férias como afastamento temporário, início do gozo, retorno;
  • Eventos específicos – rescisões.

5ª etapa – eSocial Mensal Folha de Pagamento

  • Remuneração do trabalhador;
  • Empregado;
  • Estagiários;
  • Contribuintes individuais;
  • Estudo parcial de Incidências Tributárias (INSS-FGTS-IR).

O curso será ministrado pela Adm. Eliete Oliveira Lima: graduada pela faculdade Novos Horizontes; MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégia, pela Fundação Getúlio Vargas – BH e graduada em Ciências Contábeis. Experiência de 20 anos na área de Recursos Humanos (consultora) nos subsistemas (Departamento Pessoal, Benefícios, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas, Cargos e Salários); instrutora e orientadora de cursos nas instituições do Sistema S (SENAC/SENAT/SENAI), Sindicatos de Contagem e Pará de Minas e outras instituições, e palestrante de treinamentos técnicos e comportamentais. É orientadora dos cursos do SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, e facilitadora de cursos pelo SINESCONTÁBIL e FECON.

O curso acontecerá no auditório do Banco do Brasil, na Rua Halfeld, 770, no Centro de Juiz de Fora.

As inscrições são gratuitas para associados do Sindicomércio-JF e empresas que estão com a contribuição negocial patronal em dia. Contabilistas que apresentarem, no ato da inscrição, cópia de pagamento de 10 guias de contribuição negocial de seus clientes terão direito a 1 inscrição gratuita. O valor é de R$ 100,00 para demais interessados.

Mais informações e inscrições pelo telefone: (32) 3215-1317, por e-mail: administrativo@sindicatodocomercio.org.br ou diretamente na secretaria da Entidade.

Esse conteúdo foi produzido pela rede de notícias do Sindicomércio e reproduzido pela Comunicação do GDI-Mata.

Juiz de Fora recebe o 7º Seminário Mulheres Empreendedoras

Seminário vai apresentar técnicas e comportamentos que ajudam a mulher a se tornar uma empreendedora de sucesso

Em cinco anos, mais que dobrou o número de mulheres Microempreendedoras Individuais (MEI) no Brasil. O número de formalizadas que trabalhavam por conta própria saltou de 1,3 milhão, em 2013, para 3 milhões, em 2018, um aumento de 124%. É o que mostra um levantamento do Sebrae Minas, com base em dados do Portal do Empreendedor.

Para mostrar o avanço da participação feminina no mundo dos negócios, o Sebrae Minas realiza, no dia 27 de março, o 7º Seminário Mulheres Empreendedoras, em Juiz de Fora. A ação visa demonstrar a importância da cooperação e da transformação digital e facilitar o networking no segmento feminino. Ocorre no Ritz Plaza Hotel e a inscrição gratuita deve ser feita no site da Sympla.

O seminário vai apresentar técnicas e comportamentos que ajudam a mulher a se tornar uma empreendedora de sucesso e terá a participação especial de Sandra Marota (SM Potencial Humano), Flavia Gouvea (Chovendo Vagas Assessoria de Carreira), Raquel Sousa (Lila Maria Uniformes Profissionais) e Paula Bento (consultora de marketing do Sebrae Minas). Além disso, apresentará o case “Juruaia: a capital da lingerie – Polo de empreendedorismo feminino”, com Tânia Rezende, diretora de estilo da Íntima Passion e vice-presidente da Associação Comercial de Juruaia.

 

Programação

18h30: Case Juruaia: a capital da lingerie? Polo de empreendedorismo feminino

19h30: Networking orientado

20h30: Transformação digital no empreendedorismo feminino

21h30: Café com elas

7º Seminário Mulheres Empreendedoras

Data: 27 de março de 2017

Local: Ritz Plaza Hotel (Av. Barão do Rio Branco, 2000 – Centro)

Horário: 18h30 às 22h00

Informações: 0800 570 0800

Inscrições: https://www.sympla.com.br/7-seminario-de-mulheres-empreendedoras__250760

Evento reunirá palestrantes internacionais para tratar de liderança

Liderança é a competência mais demandada no mundo dos negócios, onde inúmeras pesquisas apontam a necessidade de se formar grandes líderes. No entanto, há um longo caminho pela frente no Brasil: segundo a HSM, 71% dos executivos brasileiros consideram que suas empresas não possuem boas lideranças.

O LED – Leadership Experience Day, é um evento que será realizado no dia 20 de Março, às 18h, no Gran Victory Hotel e que representa uma nova forma de levar às lideranças corporativas, conteúdos estratégicos que impactam as decisões de negócios. Um seminário planejado para apresentar informações acerca das mais novas pesquisas sobre liderança no mundo, bem como apontar o que pessoas de sucesso praticam no dia-a-dia, mostrando os caminhos para que os participantes se tornem líderes de alto impacto.

Leadership Experience Day vai reunir nomes internacionais como o de J.R McGee, que vai proferir a palestra “Excelência: Como ser um líder de efetividade global” e Bruce DeRunts, que vai ministrar a palestra “O Caminho: Sua jornada para se tornar um líder extraordinário” para tratar do assunto.

Você pode se inscrever e ter outras informações pelo link: https://www.sympla.com.br/led-2018—leadership-experience-day__245831