O Grupo de Trabalho, Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira (GDI Mata), do qual a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) faz parte, lançou hoje (23) uma plataforma de negócios e inovação, que pretende aproximar o conhecimento gerado pelas instituições de ensino do mercado regional. O site conta com biblioteca digital, legislação, fontes de financiamento, banco de laboratórios e de fornecedores, portfólio de produtos e tecnologias e uma agenda de eventos para estimular encontros e parcerias entre as comunidades acadêmica e empresarial.

Em sua fala, o reitor Marcus David reforçou a importância da atuação entre os diferentes atores da região para potencial o uso do conhecimento em prol do desenvolvimento econômico. “Vivemos um momento muito especial. Diversos estudos apontando a dificuldade de colocar esses agentes em contato, mas criamos aqui uma oportunidade única. Começamos essa iniciativa há cerca de seis meses e em pouco tempo já é possível perceber a capacidade do Grupo para trabalhar em conjunto e gerar resultados, tais como esse portal”, enfatiza.

Para o prefeito Bruno Siqueira, a troca de ideias, informações e expertises promovida pelo portal “será fundamental para que instituições públicas e privadas ofereçam suporte aos negócios de Juiz de Fora e região. Vamos aprimorar e aprofundar as atividades desse grupo de trabalho, de forma a incrementar os setores prioritários da economia regional, que os empreendedores tenham bases cada vez mais sólidas para se estabelecer e crescer, sempre tendo a inovação como uma de suas ferramentas”.

A gerente de Inovação e Transferência de Tecnologia do Critt/UFJF, Débora Marques, foi a responsável por apresentar o portal e destacou a preocupação em torná-lo de fácil acesso para o empresariado. “Agora, em um único espaço virtual, ele pode buscar uma instituição para ajudá-lo a solucionar uma demanda, se informar sobre eventos em sua área, verificar as principais legislações que afetam sua atuação, alternativas para captar recursos via financiamento e até mesmo oportunidades de estabelecer parcerias”, explica.

 

Sustentabilidade econômica

O GDI Mata é uma iniciativa oriunda de uma articulação iniciada em junho deste ano e é aberta à participação e colaboração de organismos e entidades empenhados no desenvolvimento regional. Seu objetivo é a revitalização da economia da Zona da Mata mineira, por meio da cooperação das instituições de ensino e pesquisa com o poder público, entidades e setores empresariais, visando à elevação da capacidade e da disposição das empresas da região para inovar. Com isso, o Grupo espera favorecer o desenvolvimento sustentável e o bem estar social.

Em julho, a UFJF, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e outras nove entidades assinaram uma Portaria conjunta e uma Carta de Intençõesoficializando a criação do Grupo. Na avaliação do diretor de Inovação da UFJF, Ignacio Delgado, não existe desenvolvimento sustentável sem inovação, sobretudo no que tange a interação entre setor produtivo e meio acadêmico. “Com a plataforma, esse processo acontecerá de forma mais rápida e sistemática, permitindo que Juiz de Fora voltar ao radar competitivo, sobretudo nas áreas em que têm vocação”.

 

Assista ao video de apresentação da plataforma