O “2° Meetup GDI Mata: Como fomentar vendas locais” reuniu empresários e representantes de instituições para debater as melhores formas de impulsionar o desenvolvimento de setores como o produtivo a longo prazo na região. O encontro é o segundo de uma série de eventos que marcam os 2 anos do Grupo de Trabalho Desenvolvimento e Inovação da Zona na Mata Mineira.

 

O economista Fernando Perobelli realizou uma apresentação sobre o tema, versando sobre o consumo, restrição orçamentária da região, os ambientes externo e interno para o comportamento do mercado e estratégias de expansão do mesmo. O destaque de sua fala ficou para a mudança na estrutura estratégica do mercado, que vem ao longo dos anos se formando em torno da parceira ao invés da concorrência local. Segundo ele “hoje, como a gente tem o mundo como mercado, a possibilidade de diminuição dos custos com transporte e a inserção do nosso produto em vários locais, essa questão da parceria faz com que a gente potencialize o nosso tamanho.” A união desses pontos, de acordo com ele, faz com que haja um compartilhamento de riscos, redução de custos, a criação da identidade de marca no município e o aumento da qualidade final. Após a mediação do economista, com a inclusão de um rodada de perguntas e respostas, foi aberta uma roda de conversa entre os participantes, que tiveram a oportunidade de trocar experiências e conhecimentos de suas respectivas áreas.

 

O próximo encontro do grupo será o “I Workshop GDI Mata e Vertentes”, que ocorrerá no dia 23 de agosto, às 17h no Museu de Arte Murilo Mendes, com a presença de palestrantes como David Kupfer, diretor geral do Instituto de Economia da UFRJ e Ramon Dias de Azevedo, diretor executivo da Fundepar . Saiba mais sobre esse evento em: https://www.facebook.com/events/2297877350237398/. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas gratuitamente pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScfqvfa4f2f3Bll7-oe5KD0_GRsGzYRoFnGzVucgGkCyq66Xw/viewform

 

Confira abaixo as fotos do 2° MeetUp:
2° Meet-Up GDI